Facebook Youtube RSS
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Notícias

  08/03/2018 

Neste 8 de março, Dia Internacional das Mulheres Trabalhadoras, o SINDSIFCE destaca o papel das mulheres de luta no IFCE

Diretoria Colegiada
Mulheres do SINDSIFCE
 
Em um momento de duros ataques aos direitos das trabalhadoras e dos trabalhadores brasileiros, o SINDSIFCE destaca, neste 8 de março, Dia Internacional das Mulheres Trabalhadoras, o importante papel que vem sendo cumprido pelas servidoras do IFCE, nos campi em todo o Ceará, na luta em defesa da educação pública e por direitos sociais. No boletim especial de mulheres, convidamos servidoras para tratar sobre temas atuais relacionados à mulher, tais como o debate sobre raça e classe, as questões de gênero e sexualidade e o aumento do índice de violência contra a mulher em nosso estado. Para ter acesso a todo conteúdo do boletim, clique aqui.
 
Mulheres na luta nacional
 
Diante de tantos ataques promovidos pelo Governo Federal, as mulheres enfrentaram perdas ainda mais graves. A reforma trabalhista imposta por Temer e aprovada por um Congresso Nacional indiferente à realidade do povo brasileiro retirou direitos e trouxe consequências ainda piores para as trabalhadoras, que já enfrentam uma realidade difícil, marcada por salários menores que os dos homens, mesmo quando exercem o mesmo cargo, e por triplas jornadas de trabalho. Com a reforma, elas também passaram a contar com condições mais difíceis para buscar seus direitos na Justiça.
 
O congelamento dos investimentos sociais por 20 anos, inclusive em saúde e educação, também traz consequências diretas para o IFCE e as mulheres de nossa comunidade acadêmica. Servidoras e estudantes passam a atuar em um Instituto com menos recursos para manter a qualidade da educação. Cortes de trabalhadoras terceirizadas, redução e paralisação de atividades como pesquisas e visitas técnicas são uma recorrente e preocupante realidade. Um contexto que prejudica diretamente os filhos e filhas das mulheres trabalhadoras, que dependem do Instituto para ter acesso à educação.
Contra o preconceito, o assédio e a violência
 
Outras grandes bandeiras de luta das servidoras é a igualdade de direitos, uma meta ainda distante em nossa sociedade, marcada por contrastes e disparidades em relação a homens e mulheres. Um exemplo claro é o próprio IFCE, em que as mulheres são minoria em cargos de direção e funções gratificadas.
 
A luta contra práticas de violência física e psicológica, contra o preconceito e o assédio moral também faz parte do dia a dia das servidoras. O SINDSIFCE lançou uma campanha contra o assédio moral, com material em todos os campi e um chamamento às servidoras e aos servidores, para que façam denúncias e não deixem passar nenhum caso. Mas falta uma melhor política de prevenção e combate a essas práticas em nossa instituição, inclusive com a realização de mais debates sobre o tema e com a definição de uma estrutura clara, a quem a servidora possa recorrer, caso venha a sofrer esse tipo de violência.
 
Em meio a tantos desafios, o SINDSIFCE parabeniza as mulheres de luta que constroem nossa instituição. Vivam as mulheres de luta! Viva a luta das mulheres, neste 8 de março e todos os dias!
Última atualização: 08/03/2018 às 07:24:04
 
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Comente esta notícia

Nome
Nome é necessário.
E-mail
E-mail é necessário.E-mail inválido.
Comentário
Comentário é necessário.Máximo de 500 caracteres.
código captcha
Código necessário.

Comentários

Seja o primeiro a comentar.
Basta preencher o formulário acima.

FONES  (85)  3223-6370 / 99858-0145 FAX  (85)  3281-0209 sindsifce@hotmail.com
SINDSIFCE - Sindicato dos Servidores do IFCE
Rua Aratuba, Nº01-A, Benfica - Fortaleza - Ceará
CEP 60040-540  /  CNPJ 23.563.257/0001-57
desenvolvimento www.igenio.com.br