Facebook Youtube RSS
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Notícias

  02/08/2018 

SINDSIFCE alerta para riscos ao IFCE, ao PIBID, à pós-graduação, caso cortes orçamentários se confirmem

 
O Sindicato dos Servidores do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (SINDSIFCE) chama atenção da sociedade para o grave risco ao Instituto, ao sistema de pós-graduação e à educação pública como um todo, caso se confirme a situação descrita pelo Conselho da CAPES em ofício dirigido ao Ministério da Educação.
 
No ofício, enviado ontem ao MEC, a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior chama atenção do ministro Rossieli Soares da Silva para o risco de, a partir de agosto de 2019, a entidade simplesmente não ter mais recursos para pagar bolsas de mestrado, doutorado e pós-doutorado, bem como as bolsas de iniciação à docência e de formação de professores de educação básica.
 
Isso pode acontecer devido à diminuição drástica nos recursos previstos para a Capes na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2019, recentemente aprovada pelo Congresso Nacional.
 
A CAPES alerta que esse corte pode gerar a suspensão do pagamento de todos os bolsistas de mestrado, doutorado e pós-doutorado a partir de agosto de 2019, atingindo mais de 93 mil estudantes e pesquisadores e “interrompendo os programas de fomento à pós-graduação no país, tanto os institucionais (de ação continuada), quanto os estratégicos (editais de indução e acordos de parceria com os estados e outros órgãos governamentais)”.
 
Só em bolsistas do PIBID, o programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência, e dos programas de residência pedagógica, formação de professores da educação básica (Parfor), seriam nada menos que 105 mil prejudicados. Os programas da CAPES destinados ao exterior também seriam cortados, o que causaria, aponta a entidade, “grande perda para as relações diplomáticas brasileiras na educação superior” e prejuízo “à imagem do Brasil”.
 
Também seriam paralisados o Programa de Mestrado Profissional para Qualificação de Professores da Rede Pública de Educação Básica (PROEB) e o Sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB), prejudicando diretamente outras 245 mil pessoas (entre alunos e bolsistas, professores, tutores, assistentes e coordenadores) de 110 instituições de ensino superior, cerca de 750 cursos (entre mestrados profissionais, licenciaturas, bacharelados e especializações) de mais de 600 cidades do País. 
 
O SINDSIFCE parabeniza a CAPES pela coragem em denunciar o problema e diz NÃO aos cortes orçamentários. O Sindicato conclama a comunidade acadêmica do IFCE e a sociedade cearense como um todo à mobilização em defesa do PIBID, dos bolsistas de pós-graduação, dos demais programas e ações mantidos pela CAPES. Pela garantia de orçamento para todo o ano de 2019. Pela revogação da emenda constitucional que congela por 20 anos os investimentos públicos, inclusive em educação.
 
A resposta a essa situação gravíssima, que pode ter consequências desastrosas sobre todos do IFCE, precisa ser imediata, nas redes e nas ruas. Denuncie! Compartilhe esta nota. Converse sobre o tema com seus colegas, amigos, familiares. O Brasil precisa saber que  a educação corre um grande risco.  
 
Participe das atividades de construção do Dia 10 de Agosto, Dia do Basta! Vamos à luta, em defesa do direito à educação.
 
A Diretoria Colegiada do SINDSIFCE
Última atualização: 03/08/2018 às 08:22:01
 
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Comente esta notícia

Nome
Nome é necessário.
E-mail
E-mail é necessário.E-mail inválido.
Comentário
Comentário é necessário.Máximo de 500 caracteres.
código captcha
Código necessário.

Comentários

Seja o primeiro a comentar.
Basta preencher o formulário acima.

FONES  (85)  3223-6370 / 99858-0145 FAX  (85)  3281-0209 sindsifce@hotmail.com
SINDSIFCE - Sindicato dos Servidores do IFCE
Rua Aratuba, Nº01-A, Benfica - Fortaleza - Ceará
CEP 60040-540  /  CNPJ 23.563.257/0001-57
desenvolvimento www.igenio.com.br