Facebook Youtube RSS
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Notícias

  06/02/2020 

Reajuste da contribuição previdenciária prejudica servidores. Contra este e outros ataques, Assembleia Geral em 14/2 e Greve Geral em 18/3

Saiu um reajuste para os servidores e as servidoras do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará. Mas não um reajuste de salário, e sim de contribuição previdenciária, o que traz impacto negativo direto para o bolso dos trabalhadores e trabalhadoras do Instituto, em um dos momentos mais desafiadores da carreira e do serviço público como um todo, no Brasil.

O reajuste na contribuição previdenciária, imposto pela "reforma" (na realidade, deforma) da Previdência, do atual Governo Federal, passa a ser cobrado já a partir do mês de março, início da validade das novas alíquotas.

Com isso, os servidores passam a ter prejuízos concretos, sentindo no bolso o impacto da "reforma" que também impedirá milhões de brasileiros de conquistar o simples direito à aposentadoria, devido a exigências fora da realidade do mercado de trabalho no País, como aumento do tempo de contribuição, em um contexto de forte desemprego e de expansão do trabalho informal.

As mudanças se aplicam tanto ao Regime Próprio de Previdência Social (RPPS) – que abrange servidores públicos – quanto ao Regime Geral de Previdência Social (RGPS) – que reúne contribuintes da iniciativa privada e de municípios sem regime previdenciário próprio.

 

Confira as novas alíquotas para servidores públicos federais no RPPS da União:

Até um salário mínimo: 7,5%

Entre um salário mínimo e R$ 2 mil: 9%

Entre R$ 2 mil e R$ 3 mil: 12%

Entre R$ 3 mil e o teto do RGPS: 14%

Entre o teto do RGPS e R$ 10 mil: 14,5%

Entre R$ 10 mil e R$ 20 mil: 16,5%

Entre R$ 20 mil e o teto constitucional: 19%

Acima do teto constitucional: 22%

 

Como calcular a "facada":

Para descobrir os impactos das novas contribuições em seu orçamento, há duas opções de cálculo disponíveis no site do Sinasefe. Confira em https://bit.ly/31tYVpq

Para os servidores federais da ativa, as novas alíquotas representam um impacto de até R$ 778,24 por mês, no salário.

 

Somente na luta podemos mudar essa realidade

Para o SINDSIFCE, o prejuízo direto aos servidores e às servidoras do IFCE é motivo de indignação e também de ação. Só através da luta poderemos denunciar mais esse ataque aos servidores públicos federais, mostrando à sociedade o caráter injusto da medida e a necessidade de defesa dos servidores e dos serviços públicos.

Por isso o Sindicato está chamando para a Assembleia Geral dos servidores do IFCE, sexta-feira, 14 de fevereiro, 15h30, na Assetece, e para o 18 de Março, Dia de Greve Geral Nacional em Defesa dos Direitos e dos Serviços Públicos. Todas as centrais sindicais foram conclamadas a um grande ato unificado nessa data, de Greve Geral de todos os trabalhadores e trabalhadoras do País.

Participe! Mobilize os colegas de setor e de campus. Não se cale! Some sua voz a essa luta. Conte com o SINDSIFCE!

 

Pauta da Greve Geral

A pauta da Greve Geral do 18 de Março será a luta contra os ataques do governo Bolsonaro ao funcionalismo público, tendo como destaques:

- defesa dos serviços e dos servidores públicos;

- defesa das carreiras e dos direitos do funcionalismo público;

- contra a redução da jornada de trabalho com redução salarial;

- contra a Reforma Administrativa, que precarizará a atividade profissional e a vida dos servidores públicos;

- denúncia dos impactos da Reforma da Previdência para a classe trabalhadora.

Última atualização: 06/02/2020 às 11:13:14
 
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Comente esta notícia

Nome
Nome é necessário.
E-mail
E-mail é necessário.E-mail inválido.
Comentário
Comentário é necessário.Máximo de 500 caracteres.
código captcha
Código necessário.

Comentários

Seja o primeiro a comentar.
Basta preencher o formulário acima.

FONES  (85)  3223-6370 / 99858-0145 FAX  (85)  3281-0209 sindsifce@hotmail.com
SINDSIFCE - Sindicato dos Servidores do IFCE
Rua Aratuba, Nº01-A, Benfica - Fortaleza - Ceará
CEP 60040-540  /  CNPJ 23.563.257/0001-57
desenvolvimento www.igenio.com.br