Facebook Youtube RSS
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Notícias

  15/05/2021 

SINDSIFCE relembra o 15M de 2019, com servidores do IFCE nas ruas, e destaca atividades online do Dia de Luta e Resistência, quarta, 19/5

Neste sábado, o Sindicato dos Servidores do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (SINDSIFCE) relembra os dois anos desde que as ruas do País e as redes sociais foram palco do15M, #TsunamiDaEducacao. 
 
No Ceará, estudantes, servidores e servidoras do IFCE participaram ativamente, saindo às ruas, nas cidades-sede dos 33 campi, para denunciar os cortes de investimentos na educação e lançar a campanha #TiraamaodomeuIF. 
 
No campus Tauá, por exemplo, houve intensa movimentação, como destaca Claudenira Melo, hoje integrante da Diretoria Colegiada do SINDSIFCE. "Após as manifestações de 2016 contra a PEC que se tornou a Emenda Constitucional 95, do 'teto' dos 'gastos', as manifestações de 2019 também marcaram a memória da cidade, quando estudantes e servidores do IFCE ocuparam as ruas, numa verdadeira aula pública de cidadania", recorda. 
 
Da luta de ontem à de hoje
 
Atualmente, foram ampliados os desafios da luta contra o aprofundamento do desmonte do Estado e a retirada de direitos. Além de todas as questões da pandemia e do ensino remoto, servidores e estudantes passaram a ter que lutar também pela própria vida, diante da grave ameaça do Projeto de Lei - PL 5595/2020, de retorno a aulas presenciais a qualquer custo, mesmo diante das mais de 425 mil mortes por Covid-19 no Brasil. 
 
Se o projeto, que está no Senado e já foi aprovado pela Câmara dos Deputados, se tornar lei, haverá subsídios legais para que gestores públicos e privados sem compromisso com a vida de estudantes e profissionais da educação determinem retorno a aulas presenciais. Mesmo com todos os riscos apontados pelos especialistas em saúde pública, que alertam que retorno presencial em instituições de educação só deveria ser cogitado, de forma segura, após vacinação de pelo menos 70% da população em geral e queda drástica nos números de casos, internações e óbitos por Covid-19. 
 
Uma realidade bem distante da que vivenciamos no Brasil, com vacinação extremamente lenta e, conforme já fartamente demonstrado também na CPI da Pandemia, diversas escolhas do Governo Federal que contribuíram para que chegássemos à atual situação, com mortes que poderiam ter sido evitadas.
 
19/5: Dia de Luta e Resistência em Defesa da Educação
 
O PL 5595/2020 também ameaça o direito de greve dos profissionais da educação - mesmo de greve sanitária, em defesa da vida. Além de tudo isso, também precisamos lutar contra a "Reforma Administrativa"/PEC 32, na verdade mais uma das "deformas", seguindo-se à destruição dos direitos previdenciários e trabalhistas, atacando os serviços públicos dos quais a grande maioria da população brasileira depende. E lutar contra os cortes e bloqueios de orçamento, que já ameaçam forçar instituições, como a UFRJ, a fechar as portas, por falta de recursos, conforme destacado nacionalmente pela imprensa nesta semana.
 
Reforçando a mobilização, na quarta-feira, 19/5, acontece o Dia de Luta e Resistência em Defesa da Educação. Às 9h haverá live em defesa da educação. SINASEFE, Andes-SN, Fasubra, Fenet e UNE promovem os atos. Vamos à luta, agora nas atividades online! Mais uma vez a Educação precisa resistir!
Última atualização: 15/05/2021 às 13:07:34
 
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Comente esta notícia

Nome
Nome é necessário.
E-mail
E-mail é necessário.E-mail inválido.
Comentário
Comentário é necessário.Máximo de 500 caracteres.
código captcha
Código necessário.

Comentários

Seja o primeiro a comentar.
Basta preencher o formulário acima.

FONES  (85)  3223-6370 / 99858-0145 FAX  (85)  3281-0209 sindsifce@hotmail.com
SINDSIFCE - Sindicato dos Servidores do IFCE
Rua Aratuba, Nº01-A, Benfica - Fortaleza - Ceará
CEP 60040-540  /  CNPJ 23.563.257/0001-57
desenvolvimento www.igenio.com.br